ad16
DestaquesGeralPolíciaTodas as Notícias

Caso Chico Ramos: Acareação entre esposa e suposto amante é adiada

[ad#336×280]Após decretada a prisão temporária de Antônia Consuelo Rodrigues Ramos, 35 anos, acusada de ser a mandante do crime que tirou a vida de seu marido  Francisco Osvaldo Ramos da Silva, 43 anos, conhecido como “Chico Ramos”, o caso caminha agora para uma nova fase, a acareação. Prevista para acontecer na última segunda-feira, 29, a acareação foi adiada em virtude dos desdobramentos e da celeridade na reunião de provas do homicídio ocorrido dentro do presídio José de Deus Barros, em Picos. A expectativa é que a acareação ocorra nesta terça-feira, 30.

Antônia Consuelo Rodrigues Ramos - Foto: Reprodução/ Facebook
Antônia Consuelo Rodrigues Ramos – Foto: Reprodução/ Facebook

De acordo com informações do delegado do 3º Distrito Policial, Antônio Madson, que acompanha o caso, a acareação é um processo que coloca frente a frente a acusada, Antônia Consuelo, e o suposto amante, Paulo Roberto, que em depoimento anterior perante o representante do Ministério Público havia declarado que ela teria contratado os dois indivíduos que vieram a matar seu esposo.

“A acareação será realizada entre a acusada Antônia Consuelo e Paulo Roberto, apresentado como suposto amante. O advogado que defende a acusada nos repassou que ela afirma não ter participado do crime, inclusive que não entende porque Paulo Roberto teria feito estas declarações, e que acreditava estar sendo pressionado”, disse Antônio Madson.

Antônio Madson fala sobre ocorrerá a acareação entre os envolvidos - Foto: Paula Monize
Antônio Madson fala sobre ocorrerá a acareação entre os envolvidos – Foto: Paula Monize

Sobre a acusação de Antônia Consuelo que Paulo Roberto poderia estar sendo pressionado, o delegado acrescenta. “Ele foi informado de que esta era uma informação muito séria e que ele teria de ter responsabilidade pelo que estava afirmando à autoridade policial e ao promotor de Justiça. Então ele não vai poder alegar posteriormente que estava sendo pressionado, ou mesmo torturado pra que pudesse falar”, afirmou Madson.

O delegado ainda ressaltou que o advogado de defesa de Antônia Consuelo disse que a mesma está disposta a acrescentar mais algumas informações em seu depoimento, que estaria disposta a contribuir com o caso.

Posteriormente à realização da acareação algumas testemunhas serão ouvidas para o andamento das investigações.

Caso “Chico Ramos”

“Chico Ramos” foi assassinado a tiros na porta de casa na Avenida Manoel de Sousa, bairro Parque de Exposição, em Picos. O crime ocorreu no dia 31 de outubro do corrente ano.Os assassinos, ainda de acordo com testemunhas, estavam em uma moto de cor escura e fugiram logo após os disparos. Chico Ramos era casado com a dona de um dos trailers da Praça Valquíria Monteiro, no bairro Junco, conhecida como Consuelo.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade