ad16
DestaquesGeralTodas as Notícias

David Benevides e Yara Bezerra lançam pré-candidatura à presidência da OAB de Picos

Na oportunidade, o advogado Raimundo Júnior se lançou candidato à presidência da OAB seccional Piauí.

Os advogados David Benevides e Yara Bezerra lançaram, na noite desta quinta-feira (23), a pré-candidatura à presidência da subsecção da Ordem dos Advogados do Brasil em Picos, com o tema “Advocacia pra valer”. O evento aconteceu no restaurante Varanda 672.

O atual vice-presidente da OAB subsecção de Picos e pré-candidato à presidência, David Benevides, destacou que, para se ter uma advocacia forte é necessário, antes de tudo, lutar por ela.

David Benevides, pré-candidato à OAB Picos – Foto: Jaqueline Rajner

“Entre os dias 20 e 28 de novembro acontecerá a eleição a nível local e estadual. Esse movimento que promovemos partiu do amor que tenho pela advocacia. Sempre quis ser advogado e o sou há 11 anos. Tenho vontade de continuar na advocacia, e para que eu, ou qualquer outro colega, possa realmente ter a possibilidade de realizar esse sonho, é necessária uma advocacia forte. Pensamos, através desse movimento, agregar a advocacia, trazer o conhecimento de quem tem trabalho prestado pela Ordem e quem conhece o dia a dia da advocacia”, declarou.

A candidata à vice-presidência, Yara Bezerra, destacou os desafios que são impostos àqueles que se submetem a lutar por uma advocacia mais digna, unida. Ela frisou a importância de aproximar a classe que já está no batente, assim como aos estudantes que têm a pretensão de advogar.

Yara Bezerra, pré-candidata à vice-presidência da OAB Picos – Foto: Jaqueline Rajner

“Os desafios são muitos, mas que nos alegram por estarmos caminhando com tantos colegas, para que a gente possa discutir a advocacia e falar do que queremos e precisamos em uma próxima gestão. Temos caminhado bastante, conversado com os colegas para a construirmos juntos propostas para, quando for o momento oportuno, serem apresentadas dentro da campanha eleitoral. Um dos grandes desafios é aproximar a advocacia, buscar a unidade, o reconhecimento em um universo de quase mil advogados. Nosso objetivo, também, é sempre aproximar a jovem advocacia, trazer para dentro da Ordem o estudante de direito, motivando-os pelo exemplo do que hoje estamos construindo”, destacou.

O atual presidente da OAB-Picos, Kleber Curica, afirmou seu apoio aos pré-candidatos e destacou o trabalho já exercido por eles em prol da advocacia picoense.

Kleber Curica, atual presidente da OAB Picos – Foto: Jaqueline Rajner

“Tivemos um trabalho bem árduo, na busca incessante de trazer benefícios para a advocacia picoense. Tive nas pessoas do David e da Yara pessoas aguerridas para buscar esses benefícios. Advogar é ter amor à profissão. Para representar os advogados, temos que ter esse amor dobrado. É preciso exercer o sentimento de união, a fim de trazer os benefícios para Picos e os advogados da nossa região e subsecção. Hoje temos oito comarcas em nossa subsecção que contemplam 34 municípios, e temos que buscar e levar benefícios para todos os advogados que estão em nossa sede. Neles [David e Yara], em conjunto com o conselho que será eleito, posso confiar porque sei que já fizeram um trabalho muito bom à frente da OAB de Picos”, declarou.

Na oportunidade houve, também, o lançamento do advogado Raimundo Júnior como pré-candidato à presidência da OAB secção Piauí. Ele elencou alguns dos quesitos pelos quais tem buscado liderar a Ordem, pois, com o passar do tempo, prejudicaram o trabalho advocatício piauiense.

Raimundo Júnior, pré-candidato à presidência da OAB Piauí – Foto: Jaqueline Rajner

“Temos visto a necessidade de mudança, de aproximar a ordem da advocacia, especialmente do advogado militante. Sentimos que nos últimos anos a ordem a nível estadual perdeu prestígio, respeito, se afastou muito do advogado. Nossa intenção é trazer a Ordem para próximo do advogado novamente. A Ordem tem que avançar mais em algumas questões, pois deixou de brigar por coisas importantes aqui no Piauí”, disse.

Ele parabenizou o trabalho exercido pela presidência da subsecção de Picos.

“Costumo dizer que quem se elege hoje para presidir uma subsecção é um herói. O trabalho que os meninos fazem em Picos é elogiável e deve render todas as nossas homenagens porque sobrevive com um repasse irrisório e, ainda mais, com uma disputa política da seccional de alguém que não desce de seu palanque”, apontou.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade