ad16
DestaquesPolíciaTodas as Notícias

Discussão sobre conta de R$ 50 termina com homem baleado em Picos

Crime aconteceu no bairro Morada Nova.

Um homem foi baleado na perna por conta de uma discussão em um bar da cidade de Picos. Segundo a Polícia Civil, a briga aconteceu porque um homem identificado como Fernando Aguiar de Araújo não aceitou o valor da conta cobrado pelo bar, de R$ 50. Ele foi preso por tentativa de homicídio, lesão corporal grave e porte ilegal de arma de fogo. O homem baleado não corre risco de morte.

O delegado Jônatas Brasil, da delegacia de Picos, disse que o homem que foi preso bebia desde a noite de domingo (4) até o início da manhã de segunda-feira (5) junto com um amigo e o filho da dona do bar. Ao final da bebedeira, o filho da dona do estabelecimento apresentou a conta, e Fernando discordou do valor total de R$ 50, que seria dividido entre os três.

Morada Nova - Foto: José Maria Barros
Morada Nova – Foto: José Maria Barros

“Eles começaram uma discussão, em que ele disse que não iria pagar e saiu de lá dizendo que ia voltar para matar o filho da dona do bar. Minutos depois ele voltou com um revólver calibre 38 e atirando na direção dos outros dois. Os três já estavam bastante embriagados”, contou o delegado.

Nenhum dos tiros que Fernando teria disparado acertou os alvos. Nesse momento, a dona do bar chegou ao local e tentou conversar com o atirador. Quando Fernando baixou a arma, a mulher o atacou para tentar tomar a arma de fogo das mãos dele.

“Ela se abraçou com ele e os dois caíram no chão, e outras pessoas que passavam pelo local se juntaram a ela para tentar a tomar a arma do atirador”, detalhou o delegado.

Durante a briga, a arma disparou e atingiu a coxa de um homem, que tentava ajudar a desarmar o atirador. Segundo o delegado, o rapaz não tinha relação com as outras pessoas envolvidas na confusão.

Depois do tiro, a Polícia Militar foi acionada e fez a prisão de Fernando Aguiar Araújo. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Picos, onde foi preso em flagrante e autuado por tentativa de homicídio, lesão corporal grave e porte ilegal de arma de fogo.

O homem baleado, que não teve o nome divulgado pela polícia, foi encaminhado para o Hospital Regional de Picos. Segundo o delegado, o rapaz não corre risco de vida, mas o ferimento causado pelo tiro deve deixá-lo incapaz de trabalhar por pelo menos um mês. Ele recebeu alta nesta terça-feira (6).

Por Andrê Nascimento, G1 PI

Tags

Leia Também

Publicidade