ad16
Geral

Edilson Carvalho afirma que sempre esteve tranquilo sobre o seu processo no TRE

Vereador Edilson carvalho (PTB)- Foto: Ascom

Na última terça-feira (12) o vereador Edilson Carvalho (PTB) foi absolvido no processo que pedia a perda do seu mandato eletivo. A ação tinha sido suspensa no dia 16 de abril deste ano a pedido do presidente do Tribunal

Regional Eleitoral do Piauí (TRE), desembargador Haroldo Rehem.  O parlamentar foi julgado por ter trocado o PP pelo PTB em setembro do ano passado.

Durante a sessão dessa quinta-feira (14) da Câmara Municipal de Picos o parlamentar comentou sua absolvição. “Eu estava com a consciência tranquila, do dever cumprido, que nunca fui infiel nas minhas ações partidárias. Tanto é que nunca fui a Teresina , não conheço quem votou em mim. Lá eu tinha o advogado do partido e o meu irmão que acompanharam, mas sempre confiante”, afirmo.

Segundo ele, o resultado não poderia ser diferente. “Estou satisfeito, a gente de qualquer forma mesmo sem dever, acha que na cabeça de juiz pode passar alguma coisa que a gente não possa entender. Vi que a justiça foi feita, fiquei feliz que tenha sido por unanimidade”, destacou Edilson.

Edilson relacionou ainda os argumentos utilizados em sua defesa. “Os argumentos foram as ações do vereador em Picos, também tem o argumento de que eu nunca mudei de partido, quem mudou de posição foram os colegas que antes  eram de um partido e foram ser da situação e nós fomos eleitos para ser da oposição, acho que isso contou muito. Como é que se renova um partido e eu como vereador desse partido nem faço parte dessa chapa? Foi uma coisa incongruente com a minha pessoa e os juízes viram isso”, finalizou Edilson Carvalho.

Fonte: Ascom

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade