ad16
https://ead.uninta.edu.br/
AutoPECASonline24.pt
BocainaDestaquesMunicípios

Estiagem provoca perda de 80% na produção de pescado em Bocaina

[ad#336×280]A estiagem força liberação de água no açude de Bocaina. O baixo nível da água, provoca prejuízos tão intensos, que segundo os produtores de pescado já chega a 80% nas vendas do pescado.

No local há mais de 700 tanques instalados em toda a sua extensão, o que compõe o maior projeto de piscicultura do Estado. 40 cooperados formam o maior produtor de pescado da macrorregião. A comercialização que já atingiu 300 toneladas por ano, hoje está reduzida a 60 toneladas.

A situação se agrava pela água liberada do reservatório para atender as comunidades ribeirinhas que sofrem com a estiagem. O volume passa de 860 mil litros por minuto. A capacidade de produção do pescado que era de 1000 kg de pescado por dia agora é de 400 e hoje e os produtores sentem as consequências.

Barragem de Bocaina (Foto:Kalberto Rodrigues/PK)
Barragem de Bocaina (Foto:Kalberto Rodrigues/PK)

“Foi um abalo muito grande, permanecemos porquê Deus existe. Rezamos por um bom inverno. Queremos que o poder público comece a articular com a gente”, afirmou Francisco José, vice-presidente da cooperativa de produtores.

O nível de água do alude prejudica a todos nos arredores, como por exemplo, os donos de bares na área de banho, que hoje não existe mais. O local hoje opera com apenas 20% da capacidade normal. A queda, fez surgir bancos de areia e os empresários calculam também cerca de 80%.

O secretário municipal de agricultura de Bocaina, Vilmar Moura, afirmou a prefeitura tem feito esforços para garantir uma solução para o problema. ” Já nos reunimos com o prefeito, o secretário Dalton Macambira e o Dnocs, relatamos o problema do nosso município e afirmamos que a cada dia essa liberação tem nos prejudicado”, concluiu o secretário.

Reportagem de J Pereira (TV Cidade Verde)
Rayldo Pereira ( Da Redação)
[email protected]

Etiquetas
Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade