ad16
GeralPolítica

Iata Rodrigues avalia sua atuação como presidente da CMP

Vereador Iata Rodrigues, presidente da Câmara Municipal de Picos
Vereador Iata Rodrigues, presidente da Câmara Municipal de Picos

Na tarde desta quinta-feira (13) a Câmara Municipal de Picos realizou uma sessão ordinária e uma extraordinária para fechar as votações necessárias e o ano legislativo.

Na oportunidade o presidente da Mesa Diretora, Iata Rodrigues (PSB) fez uma avaliação do ano legislativo e da sua atuação a frente da administração da CMP. “Nós tivemos a felicidade de ter sido escolhido entre os colegas para administrar a Câmara Municipal de 2011 a 2012. Foi um ano de dificuldades, pois recebemos a câmara com uma dívida de mais de R$ 1 milhão só de INSS. Tivemos o desafio de negociar, parcelar e deixar o município em situação adimplente, porque até então a Câmara estava sendo responsável por deixar o município em situação inadimplente”, destacou.

Iata relacionou as melhorias na Câmara Municipal durante o seu mandato como presidente. “Tivemos o desafio de criar uma situação de mudança, de prosperidade onde nós tivemos aqui cursos de qualificação dos servidores. Foram programas de melhoramento no atendimento ao público, relacionamento interpessoal. Tivemos uma reforma com a implantação da Biblioteca Coelho Rodrigues, Sala dos Balancetes, Sala da Imprensa. Melhoramos significativamente a informática da câmara, com internet gratuita no ambiente da Câmara”.

O parlamentar destacou ainda, como umas das ações relevantes o processo de digitalização das Leis do município, desde 1948 quando a Câmara Municipal foi criada. Além disso, segundo ele, o lançamento do site oficial da CMP foi um avanço importantíssimo. “Tivemos a preocupação também de lançar o site oficial da Câmara, compra de equipamentos de uso diário. Melhoramos na questão financeira, reduzindo o quadro de funcionários de 90 para 70 funcionários. Nós vivemos um momento de grandes transformações onde, graças a Deus, não só o vereador Iata mas toda a equipe, tanto servidores como vereadores construíram a possibilidade de uma câmara mais transparente, mais organizada que pudesse atender de forma mais efetiva o povo picoense”, pontuou Iata Rodrigues.

A partir do próximo ano o legislativo picoense tem 15 parlamentes, o que exige reforma na estrutura física da casa. “Nós estamos entregando esse mês a reforma do plenário, ainda não na sua totalidade porque os recursos foram reduzidos, fizemos o que dentro da realidade financeira podíamos fazer. Estamos fazendo também uma reforma para instalação de mais quatro gabinetes para que quem assuma a presidência a partir de janeiro possa encontrar uma câmara montada e organizada porque quem assumir vai encontrar uma dificuldade: éramos dez com um orçamento X e agora seremos quinze com praticamente o mesmo orçamento”, destacou o presidente.

Iata aproveitou para agradecer a população picoense por lhe permitir mais um madanto. “Estou indo para o meu terceiro mandato e só existe uma forma de agradecer a confiança depositada, é trabalhando, elaborando projetos importantes. Nos próximos quatro anos vamos trabalhar de forma convincente, coerente, responsável. Olhar a galeria de ex-presidentes desta casa e encontrar a foto de Waldemar Rodrigues, meu tio,  Luiz Rodrigues, meu pai e a partir de janeiro encontrar a foto do vereador Iata, isso faz com que eu só reforce o meu entendimento de que está na genética a vocação de servir ao povo de Picos”, finaizou.

Fonte: Ascom

Tags

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também