ad16
DestaquesGeral

Justiça do Trabalho determina a venda de toda a estrutura das “Indústrias Coelho”

[ad#336×280]A Justiça do Trabalho, através da Vara do Trabalho de Picos, determinou a venda de toda a estrutura da fábrica da antiga Indústria Coelho S/A, situada no município de Picos. O edital de venda foi publicado no último dia 19 e as propostas deverão ser apresentadas diretamente na Vara do Trabalho do município. A venda será realizada pela melhor proposta e somente terá validade após homologada pelo juízo da execução.

A estrutura da empresa, onde também funcionou a Piauí Têxtil S/A, será vendida para pagar débitos trabalhistas, após determinação do juiz titular da Vara do Trabalho de Picos, Ferdinand Gomes dos Santos. A ação será feita para quitar todo o passivo trabalhista, bem como, contribuições previdenciárias, custas processuais, honorários advocatícios e eventuais impostos de renda incidentes na reclamação trabalhista ajuizada pelo Sindicato dos Trabalhadores Têxteis de Fiação e Tecelagem em Geral do Piauí.

Sede da Piauí Têxtil em Picos - Foto: José Maria Barros
Sede da Piauí Têxtil em Picos – Foto: José Maria Barros

HISTÓRIA
As indústrias Coelho S/A, com sede em Petrolina-PE, instalaram-se em Picos-PI nos anos de 1960. Após uma forte crise do setor têxtil, foi arrendada pela Piauí Têxtil S/A, em 1980. Já no fim da década de 2000 a indústria, em virtude de uma crise administrativo-financeira, pôs fim à suas atividades demitindo seus funcionários sem os devidos pagamentos trabalhistas. O fato gerou grande repercussão local, pois a indústria empregava parcela significativa de trabalhadores da região. Existem casos e trabalhadores com mais de 25 anos na empresa.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade