Alegrete do PiauíDestaquesGeralMunicípiosPolíciaTodas as Notícias

Peritos do RS chegam ao Piauí para atuar na investigação de Alegrete

O secretário estadual de Segurança, Fábio Abreu, informou, na manhã desta terça-feira (25), que peritos do Rio Grande do Sul, estarão desembarcando no Piauí até a próxima quinta-feira (27) para atuar no caso da chacina de Alegrete. O crime chocou o estado. Seis pessoas da mesma família foram mortas e cinco suspeitos foram presos.

O gestor informa que as investigações continuam. “Ainda há equipes trabalhando e colhendo informações e provas. Esses dois peritos irão atuar na identificação de digitais e de outras marcas deixadas pelos criminosos”, adiantou Abreu.

Fábio e Riedel participam de cerimônia no parque Lagoas do Norte Foto: Wilson Filho/Cidadeverde.com
Fábio e Riedel participam de cerimônia no parque Lagoas do Norte
Foto: Wilson Filho/Cidadeverde.com

O delegado geral Riedel Batista informou que os suspeitos ficarão presos por trinta dias e não há ainda previsão para a conclusão do inquérito. “Caso seja preciso, vamos pedir a prorrogação quantas vezes forem necessárias”, declarou.

Os dois participam de cerimônia no parque Lagoas do Norte onde ocorre a entrega de um módulo do programa Crack é Possível Vencer no qual será feito o monitoramento da região através de câmeras.

A chacina aconteceu no dia 18 de agosto e cinco pessoas da mesma família foram presas suspeitas. De acordo com a polícia, Maria do Socorro de Carvalho, conhecida como Galega, seria o alvo dos autores, que também mataram sua, mãe, avós, primo e tio.

Ainda não se tem a motivação do crime, mas uma das hipóteses é de vingança, pela morte do professor George Francisco de Carvalho no mês de junho.

Fonte: Cidade Verde

Tags
LER MATÉRIA COMPLETA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Leia Também