ad16
EducaçãoGeral

Professores picoenses promovem manifestação e aderem à greve estadual

Gisele Dantas
Professores de Picos aderem à greve. Foto: Aline Moura

Os professores da rede estadual de ensino do município de Picos promoveram uma manifestação na manhã da quarta-feira (29) e aderiram ao movimento grevista que se espalhou por todo o Piauí. A presidente do SINTE – Regional de Picos, Gisele Dantas, informou que a manifestação tinha o objetivo de informar a população sobre a situação da educação.

Ela destaca que a greve tem por objetivo que o Governo do Estado reajuste o salário dos professores nos 22% conforme orientação do Ministério da Cultura. “O dinheiro do FUNDEB teve aumento para ser pago o valor conforme esse reajuste e o Governo do Piauí estava esperando dizendo que fazia cálculo e o MEC divulgou na segunda-feira e o Governo divulgou que não vai pagar o piso”, lamentou a sindicalista.

O ano letivo deveria ter começado no dia 13 de fevereiro, mas foi adiado para o dia 27 do mesmo mês. Gisele Dantas viu isso como uma manobra estratégica do Governo do Estado.

“Nós professores como não recebemos uma proposta positiva do pagamento do nosso reajuste do piso salarial decidimos não iniciar o piso letivo. Temos outros problemas na Educação, mas o carro chefe da greve é o piso salarial”, declarou. O SINTE está convocando novamente os professores para uma nova reunião para decidir qual será a estratégia de luta.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade