ad16
AutoPECASonline24.pt
Destaques

Promotor fala da ação penal contra os acusados de assassinar Titico Barbosa

Titico Barbosa

O Ministério Público Estadual na cidade de Picos encaminhou nesta última segunda-feira (12), para o Juiz da 4ª Vara de Execuções Penais da Comarca de Picos, Thiago Brandão, a peça jurídica que inicia a ação penal contra os acusados de assassinar o vereador Francisco de Assis Pio da Silva, o Titico Barbosa, de 41 anos, crime ocorrido em um bar no povoado Angical dos Domingos, no último dia 14 de outubro.

“Agora resta o Juiz mandar notificar os denunciados – Josimar Holanda Nunes, o Mazinho e José Gonçalves Nunes, o Zé Neto. Eles devêm apresentar a defesa o mais rápido possível porque eles estão presos. E aí depois vai ser marcada a audiência de instrução”, pontuou o Promotor Público, Flávio Teixeira, em entrevista a rádio Liderança FM.

Em relação ao possível pedido de Habeas Corpus por parte do advogado de defesa, Nazareno Thé, o Promotor Público, que inclusive pediu pela manutenção da prisão preventiva, entende que caberá ao Poder Judiciário analisar a solicitação, no entanto ele disse que não existe motivo para que Mazinho e Zé Neto respondam em liberdade pelo crime contra o vereador Titico.

“Muito pelo contrário. As circunstâncias em que envolveram o crime, a forma como os crimes foram perpetrados, tudo isso aí faz com que eles devam ser mantidos na cadeia”, analisou Flávio Teixeira, acrescentando que diferente do que foi dito pela defesa em nenhum momento os denunciados agiram em legítima defesa.

Baseado no inquérito policial e no depoimento de pai e filho, o Promotor Público também descartou a possibilidade de Zé Neto não ter tido participação no assassinato. “O depoimento deles foi conflitante. O Mazinho informou que o pai dele não sabia de nada e o próprio pai dele disse que sabia. Eles entraram [no bar] por portas diferentes, atiraram mesmo sem dó nem piedade, esfaquearam mesmo sem dó nem piedade”, encerrou Flávio Teixeira. Com informações do Rodeador News

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade