ad16
DestaquesPolíciaTodas as Notícias

Quadrilha é presa vendendo CNHs falsas por R$ 3,5 mil em Paulistana

[ad#336×280]Após um mês de investigações, a Polícia Militar do Piauí prendeu cinco homens suspeitos de envolvimento com o esquema de venda e falsificação de Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) na cidade de Paulistana. A quadrilha chegava a cobrar até R$ 3,5 mil por cada documento falso. Para o capitão Felipe Oliveira, Comandante da 5ª Companhia Independente da cidade, as prisões aconteceram na noite dessa quarta-feira (12) no povoado Queimada Nova.

“A quadrilha era comandada por um pernambucano que trabalha como professor da rede municipal há um ano em Queimada Nova. Os demais integrantes são motoristas de transporte escolar e até de caminhão-pipa. A maioria das prisões aconteceram nas casas dos suspeitos e uma delas era o local de trabalho do falsificador”, informou.

A quadrilha chegava a cobrar até R$ 3,5 mil por cada documento falso. - Foto: PM
A quadrilha chegava a cobrar até R$ 3,5 mil por cada documento falso. – Foto: PM

Segundo o comandante, a quadrilha coletava fotos e assinaturas dos interessados em retirar a carteira e depois mandavam para São Paulo, onde era feita a falsificação. Com o grupo foi apreendido quatro CNHs falsas, mas a polícia acredita que cerca de 100 carteiras tenham sido expedidas durante um ano de atuação do bando.

“Não temos noção de quanto as falsificações renderam para a quadrilha, mas o chefe do grupo por exemplo possui patrimônios que não estão de acordo com sua renda como professor, como carros e uma boa casa. Os integrantes foram encaminhados para a Delegacia de Paulistana e vão responder pelos crimes de formação de quadrilha e uso de documento falso. Já comunicamos aos órgãos de trânsito competentes sobre as CNHs falsas para possível apreensão e abertura de processo”, destacou.

Fonte: G1 PI

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade