ad16
CulturaTodas as Notícias

Secretaria Municipal de Cultura recebe doação de cordéis para Biblioteca Torquato Neto

A escritora, cordelista e ‘cidadã do mundo’ Maria Ilza Bezerra faz doação de Cordéis para a Biblioteca Torquato Neto e reforça a importância de valorizarmos a cultura que marca o nosso povo.

Nesta sexta-feira, dia 06 de agosto, a escritora e cordelista Maria Ilza Bezerra visitou a Secretaria Municipal de Cultura a convite do Secretário Marcelo Cordeiro Dias (Marcelo Nordeste) para gravação de entrevista ao Programa “Piauí de Riquezas”, exibido pela Tv Clube, e aproveitou a visita para doar alguns de seus cordéis à Biblioteca Torquato Neto, situada na sede desta instituição.

Natural de Fronteiras-PI, foi alfabetizada pela mãe, que era costureira, e desde muito cedo teve contato com a literatura de cordel, a qual se tornou sua grande paixão, e posteriormente, sua profissão.

Maria Ilza reside há cerca de 05 anos em Picos, onde foi reconhecida com diversos prêmios, tais quais “Mulher Extraordinária”; “Mulher Pérola” e “Mulher Vitoriosa” pela sua experiência com leitura e escrita de cordel, e por ministrar palestras e oficinas envolvendo os mais diversos temas dessa expressão oral e literária.

Em seu acervo, a autora possui cordéis que exaltam temas do sertão, personalidades, histórias de populares e dos locais por onde passa, que narra em cordéis como: “Romeu e Julieta”, “Nas Garras do Gavião”, Maria das Tiras”, “A Saga de Antônio dos Andores”, “Dona Guidé – Uma Mulher Sem Fronteiras”, “Irmã Helena em Versos de Cordel”, “Juanita das Sete Eiras” e “Anjos Ignorados no Vale do Guaribas”, os quais se encontram agora disponíveis no acervo da Biblioteca Municipal Torquato Neto após doação da artista.

Marcelo Nordeste, secretario de Cultura de Picos – Foto: Jaqueline Rajner

Com a iniciativa, a Cordelista visa incentivar o conhecimento, consumo e valorização dessa expressão cultural tão rica e identitária do nordeste e do Piauí, com foco maior nas futuras gerações.

Nesse sentido, o Secretário Marcelo Nordeste destaca o valor da leitura e de como a preservação da tradição do cordel garante a preservação da nossa história e da nossa cultura:

“O cordel é uma das maiores expressões literárias nordestinas. Fala do nosso povo, da nossa gente, da nossa forma de ser. A forma como é escrito e narrado preserva inclusive nosso modo de falar, e nos ajuda a reconhecer a relação entre identidade e cultura. Com essa doação, a Secretaria de Cultura de Picos espera incentivar a leitura dos cordéis, o consumo de tais obras e, principalmente, valorizar os artistas da nossa amada Picos”, pontua.

Para ter acesso aos livros, qualquer cidadão pode visitar a Secretaria de Cultura, situada na Praça Josino Ferreira, nº 356, Centro, Picos, tanto para pesquisa, leitura e locação dos materiais. Já para contratação das palestras, apresentações orais e parcerias com a Cordelista Maria Ilza Bezerra basta entrar em contato pelos telefones: (89) 99438-2722; (89) 99959-9541 ou pelo e-mail: [email protected]

Ccom PMP

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade