ad16
DestaquesSaúdeTodas as Notícias

Hemocentro de Picos faz campanha para arrecadação de bolsas de sangue

Nesta quinta-feira (25), data em que se comemora o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue, não há muito o que celebrar, pois o estoque está em baixa.

Mesmo com as intensas campanhas de doações de sangue, o Hemocentro de Picos sempre sofreu com a pouca quantidade de voluntários em algumas épocas do ano. Com a chegada da pandemia, isso intensificou-se.

A quantidade de requerimentos de bolsas tem sido superior ao que é doado mensalmente na unidade de recepção sanguínea, especialmente no último trimestre, segundo informou a coordenadora do Hemocentro de Picos, Karla Guimarães.

Doação de sangue no HEMOPI - Foto: Divulgação
Doação de sangue no HEMOPI – Foto: Divulgação

“Desde o início da pandemia temos passado por vários momentos difíceis quanto às doações de sangue, refletindo em nosso estoque diário e mensal. Nos últimos três meses esse quadro se agravou bem mais que no início da pandemia, onde nossos números de transfusões se sobrepõem às doações, causando um déficit considerável, sendo necessário a solicitação de envio de bolsas pelos outros hemocentros para suprir nossa necessidade”, comunicou ela.

Considerando que nesta quinta-feira (25) é comemorado o Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue, todos os hemocentros do estado realizaram a campanha “Desafio Solidário”, cujo principal objetivo é estimular as instituições, públicas e privadas, a levarem seus servidores a doarem sangue.

“Nossa meta é incentivar o aumento das doações, onde todas as instituições públicas e privadas poderão participar e aquela que trouxer o maior número de doações até o dia 30 de novembro receberá uma premiação simbólica. A entrega dessa premiação acontecerá no dia 03 de dezembro. As instituições que desejarem participar devem procurar o Hemocentro de Picos, se cadastrarem e concorrerem”, explicou ela.

Para doar, é necessário ter no mínimo 16 anos (menor de idade, acompanhado por um responsável), estar com saúde, ter dormido e se alimentado bem, não ter bebido nas últimas 48h, estar munido dos documentos de identificação (RG, CPF e cartão do SUS).

O processo é simples e dura em torno de cinco minutos.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade