ad16
AutoPECASonline24.pt
https://ead.uninta.edu.br/
Saúde

ONG alemã ameaça deixar Picos caso Policlínica não seja aberta

[ad#336×280]A organização não governamental (ONG) alemã Pró-Brasil ameaça deixar Picos e desistir da abertura da Policlínica, uma instituição de saúde pública que iria oferecer exames e consultas à população, através do SUS, com o objetivo de abranger cerca de 60 municípios. A estrutura está pronta com equipamentos desde 2008, porém não possui autorização do município para funcionar.

O impasse foi parar no Tribunal de Contas do Estado (TCE), assim como outros problemas da saúde do município. O tribunal resolveu intermediar após denúncias da comunidade feitas durante o Encontro de Controladores Sociais ocorrido na cidade.

Em relação à Policlínica, a proposta é firmar uma parceria entre a organização, o Estado e o Município para garantir que a população se beneficie dos serviços.

A organização não governamental (ONG) alemã Pró-Brasil ameaça deixar Picos e desistir da abertura da Policlínica,
A organização não governamental (ONG) alemã Pró-Brasil ameaça deixar Picos e desistir da abertura da Policlínica,

Já foram realizadas três reuniões entre os secretários estadual Ernani Maia e municipal, Ana Maria Neiva, além da deputada Belê Medeiros (PSB), de técnicos dos dois órgãos e representantes da Pro Brasil, com a presença da presidente do TCE, conselheira Waltânia Alvarenga e o conselheiro substituto, Delano Câmara.

“O TCE está mediando soluções para melhorar a qualidade dos serviços de saúde pública a serem ofertados à população”, explica Delano Câmara, ressaltando o papel do Tribunal de órgão fiscalizador da aplicação dos recursos públicos.

Na reunião de hoje(09), o secretário Hernani Maia anunciou uma nova licitação para a obra do hospital, com 280 leitos, cujo projeto foi adaptado para atender casos de urgência e emergência, conforme orientação do Ministério Público. “Até o final do mês, o edital será lançado”, garante Maia.

Fonte: Cidadeverde

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade