ad16
JaicósMunicípios

Agespisa perfura mais um poço em Jaicós e fala sobre contas de usuários que não recebem água

Poço perfurado em Jaicós
Poço perfurado em Jaicós

A Agespisa realizou na tarde desta quarta-feira (04) a vazão de mais um poço tubular na cidade de Jaicós. Após 4 horas de vazão, a capacidade registrada foi superior a 14 mil litros por hora, considerado um bom nível.

Este, perfurado na propriedade do empresário Chico Tauá, é o 15º poço perfurado nas mediações da cidade de Jaicós nos últimos meses. Dos 15, em apenas 4 poços foi registrada uma boa vazão.

O chefe do escritório local da Agespisa, Francisco de Assis Costa e Sousa, o Chiquinho de Patrício, informou que o poço será equipado e interligado à rede de abastecimento ainda esta semana. Além deste, um outro poço, situado no bairro Bom Sucesso e com capacidade de 20 mil litros, deverá ser interligado também esta semana, aumentando em mais de 34 mil a oferta do volume de água.

A partir desta semana, os trabalhos serão ininterruptos, nem mesmo aos finais de semana.

Em entrevista, Chiquinho lamentou a situação em que se encontra a cidade de Jaicós e relembrou que desde 2009, vem chamando a atenção da população e dos órgãos competentes sobre o problema.

“Há dois anos e seis meses nós fomos ao Tiririca com o prefeito em exercício Zé Reis e fizemos a primeira reportagem. E dissemos que o Tiririca iria secar, alertando sempre a sociedade, a Agespisa, o Governo do Estado, mas nada foi feito de forma imediata”, disse Chiquinho.

Sobre as contas de água, o chefe do escritório informou que uma parcela da população, residentes em bairros e ruas onde a água não está chegando, as contas já estão vindo quitadas. Outros consumidores que não estão recebendo água nas torneiras, mas que, continuam recebendo contas de água registrando consumo, Chiquinho orientou que os mesmos procurem o escritório local da Agespisa.

“Todos os casos serão encaminhados para Teresina para serem submetidos à análise. A Agespisa sabe os setores que não vai água, como o Bairro Nossa Senhora das Mercês, João Melé, Pedrinhas, Matadouro”, explicou. Chiquinho alerta que a população deve ter consciência. “Tem pessoas que nós sabemos que estão recebendo água e usando de má fé, vindo à Agespisa pedir a revisão da conta”, disse.

Um geólogo retorna esta semana para a cidade de Jaicós onde realizará novos estudos de locais adequados à perfuração de novos poços.  A meta é atingir a captação de 80 mil litros de água por hora. Atualmente, a captação já é de 43 mil. A partir daí, toda a água captada será despejada nos dois reservatórios. O objetivo é disponibilizar água para todos os Bairros de forma igualitária.

[wp_cycle]

Fonte: Cidades Na Net

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Quer falar a Redação? Comece aqui
Publicidade