ad16
CidadePolítica

Câmara Municipal de Picos aprova em duas votações reforma administrativa proposta pelo prefeito Kléber

[ad#336×280] 

A Câmara Municipal de Picos durante a sessão ordinária desta quinta-feira (28) aprovou em primeira e segunda votação a reforma administrativa, projeto de lei de autoria do prefeito Kléber Eulálio (PMDB). O projeto foi votado por unanimidade.

Não satisfeitos com o projeto, antes da votação os vereadores oposicionistas Antônio Afonso (PP) e José Rinaldo Cabral Filho, o Rinaldinho (PSB) pediram visto do projeto para analisá-lo mais profundamente, mas foi negado pelo presidente da Casa Hugo Victor (PMDB) alegando que o secretário de Governo Tiago Saunders já havia explicado aos vereadores em uma reunião o projeto da reforma administrativa.

Vereadores aprovam projeto por unanimidade. - Foto: José Maria Barros
Vereadores aprovam projeto por unanimidade. – Foto: José Maria Barros

Nas duas votações os onze vereadores presentes votaram a favor do projeto, com quatro ausências, na qual os vereadores Diógenes Medeiros (PPS), Fátima Sá (PSDB), Edilson Carvalho (PTB) e Iata Rodrigues (PSB) não compareceram a sessão desta quinta.

O vereador Rinaldinho confirma a reunião com o secretário, na qual ele comunicou aos vereadores que estaria enviando o projeto para a Câmara. Mas o parlamentar não concorda com o projeto. “Nós pedimos a ele que fosse enviado uma cópia do projeto para que pudéssemos estudar e envolver todas as partes envolvidas, como a secretaria de Comunicação, secretária de Juventude e de Esportes que estão sendo extintas, então a gente entendia que eram secretarias importantes onde essa redução não vai influenciar em nada e vão perder sua autonomia”, frisou.

O vereador sugeriu ainda que tenha um debate com a sociedade e lamenta a oposição ter só quatro vereadores não tem votos suficientes para derrubar o projeto.

As principais dominadas no projeto estão à criação da Ouvidoria Geral do Município, da Secretaria de Representação de Picos na Capital do Estado do Piauí, a transformação da Secretaria Municipal de Comunicação em Coordenadoria de Comunicação e a extinção da Secretaria Municipal da Juventude e da Assessoria de Projetos Especiais.

Justificativa

Secretário de Governo Tiago Saunders-Foto: Romário Mendes
Secretário de Governo Tiago Saunders-Foto: Romário Mendes

Presente na sessão ordinária, o secretário de Governo Tiago Saunders explica como irá ocorrer essa reforma. Segundo ele, à medida que for explicado o projeto e que for dado conhecimento a intenção da lei as pessoas mudam de opinião. “Os esportistas vão mudar de opinião, já conversei com o representantes do sindicato dos jornalistas começaram a pensar de forma diferente, o que nós estamos tentando é aperfeiçoar o trabalho, dar eficiência e principalmente trabalhar com mais técnica e precisão nessas áreas”, explica.

O secretário garante que na área da Comunicação não haver redução de orçamento e ele afirma que vai haver adequação da pasta. Segundo ele antes a Comunicação se misturava com realização de eventos e agora isso não vai mais acontecer.

Uma reunião será realizada com os jornalistas ser explicada melhor como será realizado essa transformação na secretaria de Comunicação.

Tiago informou que a reforma reduz gastos e irá acabar com 130 cargos públicos. “A intenção é fazer a prefeitura trabalhar bem e trabalhar para o povo sem nenhum desperdício”, enfatiza.

Além de reduzir custos e a quantidade de cargos, a reforma tem um propósito de dar eficiência à máquina pública e centralizar as secretarias.

Botão Voltar ao topo
Quer falar a Redação? Comece aqui

Adblock detectado

Você está usando um bloqueador de anúncios.
Publicidade